O primeiro e vital passo para o sucesso consiste em descobrir aquilo oque você adora fazer, e em seguida fazê-lo.

A menos que ame seu trabalho, você não pode de maneira alguma, considerar-se vitorioso nele, mesmo que o restante do mundo considere-o como um grande sucesso.

amando-o, você sente um profundo desejo de executá-lo. Se alguém sente o forte desejo de ser um psiquiatra, não basta conquistar um diploma e pendurá-lo na parade.

Vai querer visitar clínicas e ler atentamente as revistas científicas mais recentes.

Em outras palavras, trabalhará para manter-se informado sobre os métodos mais avançados para aliviar o sofrimento humano, porque coloca em primeiro lugar o interesse dos pacientes.

Mas e daí se, ao ler essas palavras, você se descobre pensando o seguinte: “Não posso dar o primeiro passo porque não sei o que quero fazer.

Como, em nome de Deus, vou encontrar um campo de trabalho que eu ame?”

Se você se sente assim, reze por orientação, da seguinte maneira:

Inteligência infinita de minha mente subconsciente, revele-me qual o meu verdadeiro lugar na vida.

Repita esse prece tranquila, positiva, carinhosamente para sua mente mais profunda. Persistindo, com fé e confiança, a resposta lhe chegará como sentimento, palpite ou tendência numa certa direção.

A resposta lhe virá com clareza e em paz, como uma percepção interior silenciosa.

O segundo passo para o sucesso implica especializar-se em algum ramo de trabalho e esforçar-se para ter um desempenho superior.

Vamos supor que um estudante escolha química como profissão.

Ele pode concentrar-se em um dos muitos ramos desse campo e dedicar todo o seu tempo e atenção à especialidade escolhida.

O entusiasmo vai levá-lo a querer saber tudo que existe nesse campo e, se possível, saber mais sobre ele do que qualquer outra pessoa.

O jovem precisa tornar-se profundamente interessado em seu trabalho e desejar usá-lo a serviço do mundo.

Aquele que for maior dentre vós que se transforme em vosso servo.

Há um contraste enorme entre essa atitude e a de alguém que só ganhar a vida ou simplesmente “conseguir sobreviver”.

“Conseguir sobreviver” não é sucesso autêntico.

A motivação do homem deve ser mais grandiosa, mais nobre a mais altruísta. Ele deve servir o próximo, descarte lançando seu pão sobre as águas.

O terceiro passo é o mais importante. Você tem que se certificar de que aquilo que quer não contribui apenas pra seu próprio sucesso. Seu desejo não deve ser egoísta.

Precisa beneficiar a humanidade.

Recomendamos a leitura:

O caminho de um circuito completo precisa ser construído. Em outras palavras, sua ideia deve ser expressada com a finalidade de desejar o bem de todos e de servi-los. E a ideia retornará a você ampliada e transbordante de bênçãos .

Se trabalha visando apenas o seu benefício, você não completa esse circuito essencial. Talvez pareça que você tem sucesso , mas o curto-circuito que criou em sua vida talvez o leve, com o passar do tempo, a limitações ou a doenças.